Junho

O verão! A mudança de estação também significa uma mudança em suas plantas e jardim. Encontre estar ciente dessas mudanças!

Orquideas

Para conseguir que a vossa cymbidium floresça de Outubro a Março devem coloca-la no exterior, á sombra, de maio a setembro. Alimenta-las com Compo Fertilizante Orquídeas 1 ou 2 vezes por semana durante o período de crescimento e floração.

Substituição durante as férias

Aguardamos as férias com muita impaciência e, geralmente, acabam por chegar mais cedo do que esperamos. Para que as suas plantas não sequem durante as férias deverá tratar de encontrar, com tempo, alguém que o substitua. Se nenhum amável vizinho, ou familiar, se puder encarregar de regar na sua ausência aconselha-se que regue intensamente as plantas antes de ir de férias e que as coloque à sombra. Para umas miniférias de um fim de semana prolongado estas medidas podem ser suficientes.

No entanto, se as férias forem mais longas, não tem outro remédio se não utilizar um sistema de rega automático. Pode utilizar, por exemplo, um cone de rega.

O que é que floresce no peitoril da janela?

Açafrão-da-conchinchina, maracujá e cato-de-lindsay

Cactos e plantas crasas

Podem colocar os vossos cactos e crassas no exterior com o bom tempo. Regar em media uma vez á semana. Utilizar uma colher pequena de forma a não molhar a planta. É crucial que deixem secar muito bem o substrato entre as regas. Usar um pouco de Adubo líquido com a água da rega. Compo Fertilizante Cactus é o mais adaptado ás suas necessidades.

Bonsais

Enquanto faz calor regar os vossos bonsáis dus vezes ao dia e pensar em vaporizar as folhas. Podar regularmente durante o período de crescimento. Plantas verdes e em flor de interior. As plantas de interior entram desde agora num período de vegetação activa. Retirar as flores velhas e as ramas mortas. Cortar as plantas sem flor. Deixar secar o substrato das plantas verdes entre regas. No caso das plantas com flor e dos fetos manter o substrato constantemente húmido mas sem água estancada na base. Para evitar problemas utilizar o substrato específico Compo Sana Plantas Verdes. Para as plantas grandes renovar pelo menos uma vez ao ano s capa superior da terra. Para as restantes plantas renovar a terra uma vez ao ano. Fornecer elementos nutritivos ás vossas plantas. Adubar com COMPO Fertilizante Plantas Verdes, adubo específico uma vez por semana. No dejéis nunca agua estancada en los cubre macetas. Limpar as plantas com folhas lustrosas com um algodão molhado em água. Faze-las brilhar com Compo Abrillantador de Hojas Aerosol. Arejar regularmente as plantas. Coloca-las no exterior e á sombra durante umas horas e estiver bom tempo.

Regar e adubar corretamente

Sem os cuidados adequados, a alegria que as suas novas plantas de varanda e terraço lhe proporcionam não durará muito tempo. Ao contrário das plantas de jardim, as plantas em vaso só dispõem de uma quantidade de terra limitadíssima. Para garantir o contributo suficiente de água e nutrientes é necessário regar e adubar as plantas em função das suas necessidades. Quando se tratar de regar deve ter-se em conta a quantidade específica de água de que cada planta necessita. Além disso evite regar sob o efeito pleno do sol do meio dia. As gotas de água atuam como uma lupa e podem provocar queimaduras. É melhor regar de manhã ou à tarde. Quando regar tenha cuidado para não molhar as flores, molhando apenas a zona das raízes. À tarde evite, também, molhar as folhas para impedir o aparecimento de doenças fúngicas. Uma vez por semana adicione à água de rega um fertilizante líquido especial como, por exemplo: COMPO Adubo Vasos e Floreiras. Com a sua fórmula nutritiva equilibrada e com um contributo extra de ferro, este adubo garante-lhe uma exuberante floração e um verde intenso nas folhas.

Estacas para plantas trepadeiras

As plantas trepadeiras, em varanda ou terraço, protegem dos olhares indiscretos, proporcionam uma boa sombra e, além disso oferecem, aos pássaros, um lugar para nidificarem ou se esconderem. Para crescerem saudáveis e fortes, todas as plantas trepadeiras — excetuando as trepadeiras autoaderentes — necessitam de uma estaca estável. As plantas agradecem uma pequena ajuda quando começam a trepar. Para tal, recomenda-se que as mesmas sejam atadas a uma grade, ou estaca, com um nó em oito.

Eliminar as flores murchas

Ao eliminar as flores murchas das suas plantas não só melhora o seu aspeto como, também, estimula o aparecimento de novas flores. Isto é especialmente importante no caso das plantas com uma acentuada tendência para darem frutos ou sementes. Na maioria das vezes pode eliminar as flores murchas apenas com os dedos. Se não for possível utilize uma tesoura de podar. Conforme for vendo vá eliminando as folhas amareladas ou murchas e os rebentos danificados para evitar o aparecimento de doenças.

Transplantar citrinos

O melhor momento para transplantar limoeiros, laranjeiras, cunquatos e similares para um novo recipiente é durante a sua fase de crescimento. Transplante as árvores novas a cada 2-3 anos e as maiores de 4 em 4 anos. Utilize, para tal, uma terra especial, como a COMPO SANA Citrinos. Graças à sua fórmula ativa para citrinos oferece uma relação de nutrientes equilibrada que favorece uma bela floração e frutos abundantes. Além disso, a areia de quartzo de alta qualidade proporciona uma boa drenagem da água no substrato. Desta forma, evitam-se os encharcamentos e o apodrecimento das raízes. Oito semanas depois do transplante não se esqueça de garantir um bom contributo de nutrientes com um fertilizante líquido especial. Recomendamos-lhe o COMPO Fertilizante com Guano.

Folhas com rebordos castanhos

As folhas das suas plantas de interior perderam cor e têm os rebordos castanhos depois de as transferir para a varanda ou para o terraço? As plantas, tal como as pessoas, podem sofrer queimaduras após uma exposição ao sol que seja intensa e fora do habitual. Transfira as plantas afetadas para um local sombreado ao ar livre durante 2 semanas, ou proporcione-lhes sombra com material não tecido. Além disso, elimine as folhas secas quando se tiverem a formar outras novas.

Planear as férias

Verão, sol, férias! Para que as suas plantas não sequem deverá providenciar, com tempo, um substituto que as regue na sua ausência. Se os seus vizinhos, ou familiares, não tiverem tempo deverá preparar as suas plantas para as férias. Se se tratar de uma escapadela pode ser suficiente colocar os vasos e recipientes num lugar à sombra e voltar a regá-las, abundantemente, antes de partir. Se a ausência se prolongar necessitará de um sistema de rega automático.

Que é que floresce na varanda?

Roseiras, lavandas, oleandros e bocas de lobo

A colheita na varanda da cozinha

Manjericão, morangos e pêssegos

Plantas em vasos e jardineiras

Iniciar as vossas plantações de verão. Nesta época têm múltiplas opções de anuais: begónias, petúnias, cravoss chinses, alegrias da casa, girassóis, etc. Recordar de regar os vasos e jardineiras pela manhã ou ao fim da tarde. Evitar regar a meio do dia sobretudo não molhar as folhas ou as flores. Aplicar adubo líquido específico cada 15 dias junto com a água da rega. 

Gerânios

Os gerânios são plantas que necessitam estar bem nutridas. Rega-las regularmente e fornecer cada 15 días Compo Fertilizante Geranios com a água da rega. Controlar a a presença de doenças e pragas. Desde este mês até ao fm do verão prevenir os ataques da lagarta taladro del geranio pulverizando bem toda a planta cada 15-20 dias con Compo Fazilo Insecticida Natural.

Poda ornamental

O fim da poda de verão de plantas lenhosas ornamentais, como o buxo ou a alfena, não só é decorativo como, também, favorece um crescimento saudável. Em fins de junho, os rebentos de primavera já amadureceram. Este é o momento ideal para efetuar a poda ornamental, para que os novos rebentos tenham tempo suficiente para amadurecerem antes do outono. Quanto mais tarde podar, maior será a sensibilidade dos rebentos às geadas.

Os cuidados com o tomateiro

Pode haver algo mais saboroso do que comer um tomate recém-colhido do ramo? Pode ser; mas só com os cuidados adequados é que poderá colher tomates saudáveis e aromáticos. Exceto no caso do tomate em ramo é recomendável que se arranquem as folhas das plantas uma vez por semana. Elimine, também, os talos laterais estéreis com cuidado para não danificar o ramo principal onde os frutos se formam. Proporcione um apoio ao ramo principal. Para tal, ate-o a uma estaca com ráfia ou corda de sisal de 20 em 20 cm. Corte regularmente tanto os rebentos laterais, que se formam constantemente nas axilas foliares, como o ramo principal após a primeira formação do fruto. Evite grandes variações na quantidade de água de rega; os tomateiros dão-se bem em terrenos que tenham uma humidade constante. Quando regar procure molhar apenas o terreno e não as folhas do tomateiro. Além disso, para obter uma colheita abundante e aromática, deverá proporcionar às plantas nutrientes suficientes até princípios de setembro. Recomendamos-lhe o COMPO Guano Adubo Universal.

Poda de roseiras no verão

Especialmente as roseiras floribundas, polyanthas e as híbridas de chá necessitam de uma poda de verão. Trata-se de uma poda de limpeza que, além de estimular a formação de rebentos novos, favorece uma floração intensa. Para tal, pode a roseira até à segunda folha forte abaixo da flor murcha. Utilize uma podadora afiada e efetue um corte ligeiramente oblíquo. Deste modo, a água da chuva ou da rega pode fluir melhor e evita tanto o bolor como as doenças fúngicas. Depois da poda deve garantir um contributo ótimo de nutrientes para favorecer uma nova floração forte. Adube as suas roseiras com o adubo de longa duração COMPO Adubo Roseiras.

Reparação das zonas danificadas da relva

Além de antiestéticas, as clareiras da relva favorecem a propagação de infestantes e musgo. Por isso, é recomendável que se reparem as superfícies do relvado que se encontram danificadas. Escave primeiramente o terreno das zonas que necessitam de ser reparadas eliminando pedras e irregularidades. Em seguida, espalhe uniformemente as sementes com a mão e pressione-as ligeiramente. Para voltar a semear e cobrir as clareiras do relvado ou das zonas problemáticas, o COMPO Sementes Relva Repovoadoras é especialmente adequado. A sua coloração verde evita que seja comida pelos pássaros, garantind, assim, um maior rendimento das sementes. Para que o resultado tenha continuidade com a relva já existente, não hesite em semear um pouco para além dos limites das zonas que necessitam de reparação. A utilização de um adubo de implantação (por exemplo: COMPO Floranid Adubo Relva Implantação e Regeneração) e a aplicação de uma fina camada de substrato (por exemplo: COMPO SANA Plantação) sobre a área recém-semeada melhora o resultado.

Cuidar do vosso relvado utilizando Compo Floranid Adubo Relva. Regar preferentemente em profundidade. As regas superficiais demasiado frequentes tornam as raízes superficiais e fragilizam a relva. Para os relvados jovens, ou seja, recentemente implantados regar com frequência. Para um relvado já implantado aparar em intervalos regulares. Recordar que para ter um relvado bonito é indispensável que as lâminas da vossa cortadora de relva esteja bem afiada e que não cortem mais de uma terceira parte da altura da relva. Só se deve aumentar a altura do corte se estiver muito calor.

A colheita no jardim

Alho, cenouras e espargos

Férias ao ar livre para as suas hortênsias

As hortênsias, com as suas enormes cabeças florais, encontram-se entre as plantas mais apreciadas. No entanto, a partir do início de junho, estas plantas, caso estejam em interior, agradecem umas férias ao ar livre. Escolha, para as suas hortênsias, um lugar arejado, em meia sombra, na varanda ou no terraço. Evite sempre a exposição direta ao sol. Mantenha as suas hortênsias bem húmidas, mas não molhadas. Durante a floração é especialmente importante um contributo equilibrado de nutrientes. Uma vez por semana adicione à água de rega um fertilizante líquido especial como, por exemplo: COMPO Adubo Hortênsias. Agradecer-lhe-á com uma enorme e duradoura cabeça floral. 

Árvores e arbustos ornamentais

Retirar os ramos ladrões ao pé das árvores. Acolchoar o solo entre as árvores com cortiça para reduzir as regas. Tratar as sebes contra pragas e doenças. 

Coníferas

Adubar regularmente as vossas sebes de coníferas com Compo Adubo Coniferas. Controlar os ataques de ácaros nas coníferas. Se aparecerem aplicar Compo Axoris Insecticida Concentrado.Controlar a presençia de pulgão com Compo Axoris. Tratar preventivamente os ataques de phytophtora nestes arbustos um fungicida.

Flores anuais e vivazes

  • Continuar com as vossas sementeiras.
  • Semear as vivazes.
  • Desbastar as sementeiras de outros meses.
  • Replanta-las num substrato especial para sementes como Compo Sana Sementeira.
  • Desbastar as estacas das flores de verão.
  • Arrancar todos os bolbos de primavera com folhas secas, limpa-los e coloca-los protegidos num síitio seco e escuro.
  • Recolher a lavanda. Suprimir as flores passadas dos vossos vasos.
  • Regar regularmente durante os momentos mais frescos do dia.
  • Acolchar entre as plantas para reduzir a perda de água e para evitar a germinação de ervas daninhas.
  • Recordar de fornecer ás flores os elementos nutritivos que necesitam para o seu desenvolvimento.
  • Utilizar Compo Adubo Flores cada 4-6 semanas.
  • Controlar a presença de doenças e do pulgão.
  • Caso seja necessário utilizar um Fungicida ou Compo Axoris.
  • Cavar e eliminr as ervas daninhas regularmente dos vossos vasos.
  • Recomendamos que protejam as vossas sementes e plantas jovens contra os caracóis e lesmas.

Plantas mediterráneas

Limpar as flores velhas. Colocar um material de acolchoado, preferivelmente inorgânico. Adubar de forma regular e regar apenas durante os momentos mais frescos do dia.

Arbustos decorativos

Não esquecer de fornecer-lhes os elementos nutritivos que necessitan com Compo Adubo Roseiras. Regar abundantemente os vossos arbustos ornamentais sobretudo no momento da formação dos botões florais. A falta de água pode comprometer seriamente a sua floração. Cortar as sebes.

Plantas aromáticas

Regar regularmente as plantas aromáticas. Recordar de acrescentar um pouco de Compo Guano Fertilizante nas vossas regas. Colher o cebolinho de Abril a Outubro. A salsa e a menta também podem cortar-se neste mês. 

Árvores fruteiras

Regar bem as plantas jovens (macieiras, pereiras, pessegueiros, ….). Se ainda não adubaram podem faze-lo agora directamente na terra das vossas árvores fruteiras Compo Guano Adubo Árvores Fruteiras. Degustar os frutos que já estejam maduros: pêssegos, cerejas, alperces, … Despontar as ramas das cerejeiras. Desbastar os frutos. Sustentar as ramas das árvores que estejam muito carregadas de fruta. Recolher e eliminar os frutos caídos ao pé das árvores. Continuar com os tratamentos excepto durante a plena floração já que os tratamentos podem impedir a polinização. Contra as doenças utilizar um Fungicida. Desde os primeiros ataques de insectos utilizar os insecticidas generais ou específicos tendo o cuidado de respeitar as doses e os prazos de segurança. Não esquecer de eliminar as ervas debaixo das árvores com um herbicida adequado. Proteger as árvores contra as formigas espalhando um produto em redor da base do tronco.

Frutos pequenos

Regar abundantemente os vossos arbustos de frutos durante as horas de menos calor e acolchoar para manter a humidade. Degustar as framboesas e cortar as plantas que tenham frutificado dois vezes.  Enriqueçam as vossas plantas com os elementos nutritivos que necessitam. Espalhar Compo Guano Adubo Universal. Eliminar as folhas e estolhos inúteis dos vossos morangueiros. Cortar os arbustos das vossas groselheiras no momento da colheita. Fazer marmelada com os frutos.

Horta

  • Começar as sementeiras de Outono: couves, rábanos de Inverno, alhos-francês, entre outros.
  • Regar abundantemente a vossa horta durante as horas frescas e acolchoar para manter a humidade.
  • Colher regularmente e, se possível, pela manhã os feijões, os tomates, as abóboras, …
  • Cortar a rama de batatas precoces.
  • Colocar tutores e podar os tomates, as beringelas e os melões.
  • Pôr tutores em todas as trepadoras.
  • Continuar os cuidados contra as doenças e as pragas.
  • Nas batatas, na videira e nos tomates utilizar o Fungicida Biológico para prevenir problemas de mildiu.
  • Prevenir dos ataques de lagartas com o Insecticida Biológico.
  • Para evitar o aparecimento de lesmas e caracóis usar Compo Antilimacos.
  • Limpar as ervas daninhas e preparar o terreno da vossa horta.