Outubro

Estamos no outono e do Jardim muda as cores: verde, vermelho, laranja, ... O que mais mudou? Vamos vê-lo!

Melhore o clima ambiental

Com a chegada do outono, o clima exterior começa a ser desagradável e vamo-nos acomodando no nosso lar. Não obstante, durante a estação do frio, o ar seco do aquecimento e o pó pioram o clima ambiental. Com as suas numerosas folhas, as plantas não são meramente decorativas, mas também aumentam a humidade do ar através da evaporação. Além disso, as folhas funcionam como um filtro, uma vez que atraem o pó existente no ar. No entanto, uma camada de pó reduz a incidência da luz e debilita as plantas. Por isso, não se esqueça de cuidar especialmente das folhas durante os períodos em que utilizar o aquecimento. Limpe com regularidade as plantas de folha grande e borrife de vez em quando com água morna as plantas de folha pequena. Além disso, pulverize as folhas com COMPO Abrilhantador de Folhas Aerossol. Não só assegura um brilho são e duradouro, como também elimina de forma permanente as manchas de calcário e água. 

Este mês é uma boa altura para plantar as açucenas

Aranha vermelha

A aranha vermelha reproduz-se muito rapidamente em ambientes secos e quentes. As plantas situadas no peitoril da janela e perto do aquecimento costumam ser as mais afetadas. As mais vulneráveis são as variedades de ficus, catos e violetas. Em caso de praga, as folhas adquirem uma cor pálida, com manchas de um branco-amarelado, secam e, por fim, caem. Verifique as suas plantas com regularidade, para poder reagir aos primeiros sintomas. Para combater facilmente e de forma segura a aranha vermelha, utilize Compo Acaricida

O cuidado das orquídeas

Coloque dentro de casa os cymbidiuns e outras orquídeas que tenham passado o verão no exterior, para os ajudar a crescer. O ar seco dos espaços com aquecimento é muito prejudicial para as orquídeas. As plantas deixam de crescer e já não florescem tão bonitas como desejaríamos. No entanto, isto pode ser muito facilmente evitado aspergindo as folhas regularmente com COMPO Revitalizante para Orquídeas. A pulverização fina melhora o microclima sem deixar marcas de calcário. Ao mesmo tempo, o conteúdo de nitrogénio estimula o crescimento saudável da planta.

Catos

Desloque os catos para uma zona fresca mas luminosa, para que entrem em repouso. Vá reduzindo progressivamente as regas, sobretudo nas suculentas e nos catos.

Regue com moderação

A terra dos seus vasos deve estar seca antes de os colocar em casa para que passem o inverno. Para isso, coloque as plantas num local protegido da chuva, por exemplo por baixo do beiral do telhado. No caso das plantas resistentes ao frio que ficam na varanda é imprescindível que se certifique de que conseguem escoar o resto da água proveniente da chuva ou das regas. Caso contrário, a expansão da água por causa das geadas pode produzir fissuras nos seus vasos de barro ou de terracota.

Preparar a localização de inverno

Apesar de ser conveniente deixar as suas plantas ao ar livre o máximo de tempo possível a fim de as fortalecer, deverá colocá-las no interior quando aparecerem as primeiras geadas. Dado que estas costumam aparecer de forma inesperada é conveniente começar a preparar a localização de inverno para as suas plantas de varanda e de vaso. Procure um espaço suficientemente grande para as suas plantas de vaso e limpe os vidros das janelas para permitir que entre o máximo de luz.

Substitua os vasos com anuais estivais por amores-perfeitos, violetas, couves ornamentais, ciclâmens, bolbos de primavera. Aproveite para renovar a terra.

Pode as fúcsias, as margaridas e as lavandas.

Proteção para o inverno

Vá preparando as suas plantas de varanda e de vaso para que possam resistir aos frios da temporada de inverno. Especialmente nas zonas em que é habitual a formação de gelo de forma persistente e com regularidade, é necessário proteger inclusivamente as plantas capazes de resistir ao inverno. As raízes e os rebentos são as partes que mais riscos correm. Proteja as suas plantas com véu de invernada, ráfia ou ramos de abeto sempre que sejam esperadas geadas mais persistentes. Além disso, cubra o solo para proporcionar uma proteção adicional à sensível zona das raízes. Para isso, pode utilizar o COMPO Natural Húmus.

Plantar bolbos

Para que a primavera desperte com jacintos, túlipas e narcisos, é aconselhável deixar tudo preparado no outono. Desde essa altura até às primeiras geadas é a melhor época para plantar bolbos. A maioria dos bolbos prefere solos permeáveis e não demasiado compactos. Se a terra estiver encharcada, decompõem-se rapidamente. A regra de ouro para os plantar é: introduzi-los a uma profundidade que seja o dobro do tamanho do bolbo e respeitar uma distância de 2 a 3 bolbos. Um elemento prático auxiliar na altura de plantar os bolbos são as caixas de ovos, que permitem respeitar a distância correta. Em seguida, encha o vaso com COMPO SANA® Viveiros e coloque-o num lugar protegido da chuva. Todos os bolbos resistentes ao frio podem passar o inverno ao ar livre sem problemas.

Jardim

Mude os horários da rega. Passe a regar pela manhã, depois de nascer o sol, já que as noites são mais frias. Em zonas com risco de sofrer as primeiras geadas coloque dentro de casa, ou na estufa, as plantas mais delicadas (orquídeas, plantas verdes, hibiscos, citrinos...)

Retire do solo os bolbos de verão, com cuidado para não os danificar, e seque-os antes de os armazenar para a temporada seguinte. Plante bolbos de primavera (túlipas, narcisos, jacintos, crocos...), crisântemos, couves ornamentais, amores-perfeitos, violetas e os primeiros ciclâmens nas zonas frias.

Recolha as folhas que começam a cair e utilize-as para fabricar composto.

Esta é melhor época para plantar as plantas acidófilas (rododendros, azáleas, urzes...), e também as coníferas, antes do gelo, além das árvores e arbustos de folha caduca. Também pode plantar os tapumes vegetais, sobretudo os de folha perene. Não utilize apenas uma única espécie... pense nas vantagens da diversidade. Combine cores e florações.

Pode os arbustos de floração estival. Proteja das lagartas as plantas sensíveis, com COMPO Inseticida Biológico aplicado de 7 em 7 dias ou COMPO Cochonilhas e Lagartas de 15 em 15 dias.

Nas zonas frias, adube os arbustos com COMPO Adubo Azul Universal Novatec. O seu equilíbrio rico em potássio permitirá enrijecer as plantas para que suportem melhor os rigores do inverno que se aproxima.

Aplique COMPO Cinta para Árvores

As fêmeas da traça de inverno, incapazes de voar, sobem, a partir de outubro, pelos troncos das árvores de fruto para depositar os seus ovos na copa. Na primavera, as lagartas devoram folhas e flores ou roem os frutos. Proteja as suas árvores de fruto e árvores ornamentais dos insetos que trepam pelos seus troncos, com ajuda de uma fita adesiva, como a COMPO Cinta para Árvores. Basta fixá-lo ao tronco com um arame e voltar a retirá-lo 3 semanas depois da floração

O cuidado do relvado

Nas zonas frias termine com os últimos cortes. Não o corte muito baixo para que não sofra no inverno. Semeie novos relvados e escarifique os mais antigos. Trate as ervas daninhas do relvado com COMPO Herbicida Seletivo Relvado.

Em meados do outono verifique se não há folhas nem frutos caídos no seu relvado. Estes constituem um meio de cultura para fungos para além de roubarem ao seu tapete verde tanto a luz como o ar para respirar. Fortaleça o seu relvado para a chegada do frio do inverno utilizando um adubo com elevado teor de potássio, como, por exemplo, o COMPO Floranid Adubo para Relva, e corte-o até eliminar as plantas herbáceas. Atenção! Em qualquer caso, retire com um ancinho os restos da poda antes do repouso de inverno.  

Organize o jardim

A temporada de jardins está a chegar ao seu fim; é o momento perfeito para organizar a fundo o seu jardim! Volte a arrancar as ervas daninhas, já que estas também se propagam com temperaturas baixas. Antes do repouso de inverno dedique os últimos cuidados às suas vivazes e roseiras, eliminando as folhas amarelecidas e secas. A poda completa apenas é aconselhável para vivazes de floração intensa; evite tocar nas vivazes sãs. Cobertas de geada, ou neve, estas plantas transformam o jardim num conto de inverno, para além de oferecerem abrigo durante esta estação a muitos insetos benéficos.

No jardim, as árvores de folha caduca mudam de cor e oferecem-nos os seus maravilhosos amarelos, ocres e vermelhos. É um período de trabalho intenso no jardim, época de plantar coníferas, plantas de solo ácido, vivazes, flores de outono... podar, adubar e aplicar um composto, sem esquecer a proteção das culturas sensíveis contra os ataques de insetos e fungos. Aproveite as folhas mortas (sempre que estejam sãs) e os restos da poda e dos cortes do relvado para encher novamente a sua compostora.

Momento para plantar roseiras

Desde outubro até meados de novembro é o momento ótimo para plantar roseiras de raiz nua. Porquê? É agora que o seu centro de jardinagem lhe oferece a maior seleção de cores e variedades. Para além disso, o solo proporciona as melhores condições para um rápido enraizamento, já que ainda se encontra húmido e temperado. Dado que as roseiras de raiz nua são vendidas sem torrão, uma vez compradas devem ser plantadas na terra o quanto antes. Até ao momento de as plantar é aconselhável envolver as raízes em panos húmidos, a fim de evitar que sequem.

Horta e árvores de fruto

Espalhe composto maduro ou esterco nas parcelas vazias. Ate os aipos para que fiquem brancos.

Pode os kiwis e plante as árvores de fruto. Utilize COMPO SANA Plantação e regue abundantemente. Na horta, as maçãs, as pêras, as abóboras, as nozes e as uvas oferecem-nos o melhor do outono, enquanto plantamos as culturas de inverno e da primavera.

Proteja das lagartas as plantas sensíveis com COMPO Inseticida Biológico, aplicado todas as semanas durante a tarde, e proteja as árvores de fruto de caroço (pessegueiros, abrunheiros) contra a monília e a lepra com tratamentos com COMPO Fungicida Biológico.

Semeie as favas e as ervilhas de primavera.

O que se pode colher?

Maçãs, peras, nozes, abóboras, cenouras, rábano negro, castanhas, kiwis e uvas.